Testemunho


Amados e queridos irmãos, graça e paz sejam sempre com você


Amados e queridos irmãos, graça e paz sejam sempre com vocês. Gostaria de registrar o que Deus fez em nossas vidas assim que nos colocamos a disposição para ministrar um treinamento em Cruzeiro do sul no extremo Acre (alto Juruá). No inicio de 2013, a Prª. Sônia Salvino nos procurou solicitando um treinamento de líderes em sua igreja em Cruzeiro do Sul, pois já conhecia o Casados Para Sempre e desejava implantar em sua igreja. Nos dispusemos a ministrar o treinamento, mas a igreja não podia arcar com os custos de nossa viagem. Nos dispusemos a ir por nossa conta. Assim que marcamos a data em meados de agosto daquele ano, pesquisamos o custo das passagens aéreas que nos custaria por volta de R$1.800,00 incluindo o aluguel do carro para ir de Rio Branco á Cruzeiro do Sul que está a mais ou menos 630 Km. Aproximando a data do treinamento, fomos concretizar a compra das passagens que naquele momento havia aumentado para em torno de R$2.000,00 cada trecho por pessoas, isto daria mais ou menos R$8.000,00 já com a locação do carro. A viagem estava prevista para 08/08/13, ficando inviável a nossa ida naquele momento. No dia 29/07/13, estivemos em uma reunião com a liderança de Minas Gerais para tratar do nosso encontro regional, a Beth do Jesse pergunta como estava a programação para Cruzeiro do Sul, haja vistas a grande expectativa para o treinamento, pois naquela região não havia o curso CPS. Respondi que a nossa ida dependeria de um milagre, pois os custos era impedimento para irmos, a Beth disse que o milagre ia a acontecer. No dia 30/07/13 , estávamos em casa quando decidi entrar na internet e pesquisar novamente o preço das passagens, o que estava fazendo a mais de 30 dias. Assim que abriu janela da empresa de viagens, me deparei com uma coisa absurdamente inacreditável para os olhos humanos, a passagem estava em R$2,00 ida e volta, isto mesmo dois reais! Dei um grito imediatamente: Sônia traga sua identidade para comprar as passagens. Comprei duas. Só que a Sônia estava em luta, pois íamos deixar para trás as nossas filhas menores e ficar muitos dias longe delas que já sentiam a nossa ausência. A Sônia disse, vamos levar as meninas! Compramos mais três passagens ao mesmo preço, dois reais ida e volta á Rio Branco. A filha mais velha não desejava ir, pois já conhecia o estado do AC, mas mesmo assim decidimos comprar a passagem dela e depois convencê-la da ida, e tentamos novamente a compra das passagens que não existiam mais. Vimos que Deus estava preparando a nossa ida e o conforto do nosso coração em poder estar junto de parte da nossa prole. A que não desejava ir foi para a casa de um dos nosso filhos. Efetuada a compra das passagens, locamos o carro para o segundo trecho e outra vez Deus estava na direção, pois alugamos um carro completo por R$420,00 para retirada em o9/07 e devolução no dia 14/7 com quilometragem livre. A Viagem: embarcamos no aeroporto da Pampulha (central de BH) e partimos para Rio Branco. Pernoitamos na casa de um casal de pastores e no dia seguinte depois de deixar nossa filhas como outro casal de pastores amigos nossos, saímos ás 05:00 com destino a Cruzeiro. Ao sair o Pastor nos pediu para fazer uma visita a um enclausurado que estava privado da liberdade na cadeia de Sena Madureira que se localiza a 140 Km de Rio Branco. Ao chegar em Sena Madureira, deparamos com o presidio, desembarcamos e fomos a portaria onde havia um soldado na guarda da entrada. Disse a ele que gostaria de visitar uma pessoa que se encontrava ali e o mesmo disse que era impossível, pois não era dia de visitas. Eu insisti, pois estava tão longe de Belo Horizonte e era só para dar um abraço, coisa de um minuto. O sentinela me encaminha a recepção. Contei a mesma história ao recepcionista que me leva a sala do diretor sem dar uma só palavra. Ao chegar na sala do diretor, contei novamente a história e, o diretor me pergunta se tinha mais alguém comigo. Eu disse que minha esposa estava comigo. Então ele pede para busca-la e, foi o que fiz. Importante salientar que não passamos por nenhuma revista sequer. Aguardamos por uns minutos e o preso chega algemado e chorando muito. Abracei-o, e conversei um pouco para confortá-lo e a conversa pode fluir. Pedi ao diretor se podia orar pelo preso. O diretor disse: ore sim, eu também sou crente. Glória a Deus por tudo! Orei pelo preso e depois oramos pelo diretor clamando a Deus que usasse aquele homem para cuidar da vida e da alma daqueles que estavam sob sua guarda. O diretor começa a chorar e pudemos ver a presença de Deus naquele lugar. Terminada a visita, nos retiramos e partimos para o destino. Ao chegar em Cruzeiro, encontramos a esposa do preso que havia abandonado a igreja pelas lutas que estava passando; marido longe, filhas sem saber a verdade sobre o pai, etc. Ao comunicar a nossa visita ao marido dela, a mesma se alegra tanto que retornou para a igreja. O treinamento: no dia do treinamento, havia terminado uma greve de professores da rede publica e uns seis casais que eram professores tiveram que repor aulas naquele fim de semana. Mas mesmo assim treinamos 9 casais que fizeram a primeira formatura de Casados para Sempre no alto Juruá! A formatura foi uma festa maravilhosa e aconteceu em uma churrascaria com muita comida e glorificação ao nome do Senhor. O que aprendemos com isso? Quando Deus determina algo para nossas vidas, não devemos temer, pois Ele propiciará todas as condições para irmos e tudo acontece conforme deseja Deus, basta nos colocarmos a disposição para a Obra maravilhosa do Senhor. "Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Atos 1:8". Deus é o flecheiro e somos flechas nas mãos do Senhor, a flecha não tem direção própria, mas sim a direção determinada pelo arqueiro! Não desobedeça ao mandado de Deus, Vá!
Lito e Sônia - Contagem/MG - casaltorre@uol.com.br 



Junte-se a nós: